O Índice de Volume de Negócios no Comércio a Retalho registou uma variação homóloga de 5,2% em maio, revela o Instituto Nacional de Estatísticas (INE). Em comparação com o mês de abril houve uma aumento de 4,2 pontos percentuais (p.p.).

Este organismo acrescenta que “a aceleração do índice total foi determinada sobretudo pela evolução do agrupamento de Produtos Alimentares, que passou de uma variação de -0,4% em abril para 4,9% em maio. O agrupamento, de Produtos não Alimentares apresentou uma variação de 5,5% (2,2% em abril)”.

O índice de emprego no comércio a retalho apresentou uma variação homóloga de 3,2% em maio (3,1% no
mês anterior). A taxa de variação mensal deste índice foi 0,8% (igual à registada no mesmo período de 2017).

Partilhar: