A taxa de ocupação das unidades hoteleiras algarvias foi, em Setembro, de 89,2%, o que significa, de acordo com as contas da Associação dos Hotéis e Empreendimentos Turísticos do Algarve (AHETA), um aumento de 1,9% em comparação o período homólogo de de 2016.

Para este crescimento muito contribuiu o comportamento do mercado alemão, que cresceu 17,7%. Também se registaram subidas em mercados como o polaco, belga, irlandês, francês, sueco, belga, dinamarquês e italiano.

Em sentido contrário foi a evolução dos mercados português (-7,6%) e britânico (-2,3%).

Por zonas geográficas, as maiores subidas ocorreram nas zonas de Monte Gordo / VRSA (+6,2%), Albufeira (+3,7%) e Carvoeiro / Armação de Pêra (+3,0%).

O volume de vendas aumentou bastante mais do que o de ocupação, tendo chegado aos 7,2%, refere a AHETA, em comunicado.

Com os resultados de Setembro apurados, constata-se que, em termos acumulados, desde o início do ano, a taxa de ocupação por quarto regista uma subida de 2,2% e o volume de negócios um crescimento de 8,9%.

 

Partilhar: