A taxa de desemprego do 3.º trimestre foi de 6,7%, um valor igual ao registado nos três meses anteriores e inferior em 1,8 pontos percentuais (p.p.) ao do trimestre homólogo de 2017, revela hoje o Instituto Nacional de Estatística (INE).

Os técnicos daquele organismo estimam que a população desempregada neste período tenha sido de 352,7 mil pessoas, mantendo-se “praticamente inalterada relativamente ao trimestre anterior, interrompendo os decréscimos trimestrais observados desde o 2.º trimestre de 2016”.

Em relação ao trimestre homólogo, “verificou-se uma diminuição de 20,6% (91,3 mil)”, acrescenta-se no documento.

Quanto à população empregada, o INE estima que tenha sido de 4,9 milhões de pessoas, o que significa um aumento trimestral de 0,6% (28,7 mil) e um aumento homólogo de 2,1% (99,8 mil).

A taxa de desemprego de jovens (15 a 24 anos) subiu para 20,0%, “correspondendo ao segundo valor mais baixo da série iniciada no 1.º trimestre de 2011”.

Partilhar: