Em junho, a taxa de desemprego situou-se em 6,8%, menos 0,2 pontos percentuais (p.p.) que no mês anterior, menos 0,7 p.p. em relação a três meses antes e menos 2,3 p.p. que no mesmo mês de 2017, revela o Instituto Nacional de Estatística (INE). Trata-se da taxa mais baixa registada desde setembro de 2002.

Aquele valor representa uma revisão em alta, de 0,1 p.p., da estimativa provisória divulgada por aquele organismo há um mês. Desde setembro de 2002 que não era observada uma taxa de desemprego tão baixa.

Relativamente ao mês precedente, a população desempregada diminuiu 3,0% (menos 10,9 mil pessoas) e a população empregada aumentou 0,4% (mais 20,3 mil pessoas), acrescenta-se no documento.

A estimativa provisória da taxa de desemprego de julho de 2018 aponta para a manutenção da taxa desemprego no mesmo valor: 6,8%.

Partilhar: