Em setembro, a taxa de desemprego situou-se em 6,6%, menos 0,3 pontos percentuais (p.p.) que no mês anterior, menos 0,2 p.p. em relação a três meses antes e menos 2,0 p.p. que no mesmo mês de 2017, revela o Instituto Nacional de Estatística (INE).

Aquele organismo adianta que desde setembro de 2002 que não era observada uma taxa de desemprego tão baixa.

Comparando com o mês precedente, a população desempregada diminuiu 5,0% (menos 18,0 mil pessoas) e a população empregada aumentou 0,2% (mais 8,8 mil pessoas).

A estimativa provisória da taxa de desemprego de outubro aponta para 6,7%, mais 0,1 p.p. que no mês anterior.

Partilhar: