O serviço de transporte de passageiros de Lagos “A Onda” vai custar 3.348.106 milhões de euros à Câmara, ao longo de três anos, o que dá uma média de 1,1 milhões por ano.

A decisão de adjudicar aquele serviço à única empresa que se apresentou a concurso, a Translagos – Transportes Públicos, Lda, foi tomada, por unanimidade, na última reunião do executivo camarário.

O concurso de aquisição de serviços de transportes de passageiros municipal tinha sido lançado no passado mês de dezembro por um valor muito ligeiramente superior (3.362.517 euros) ao que acabou por ser apresentado pela única concorrente.

O sistema de transportes urbanos de Lagos foi criado em 2008 e era, inicialmente, dotado de seis linhas, número que foi aumentando até perfazer as atuais 10.

Segundo informações da autarquia, este serviço de transporte é utilizado por uma média anual de 630 mil passageiros, representando um custo de 1,7€ por passageiro, garantindo o Município um nível de cobertura dos custos na ordem dos 43 a 44% (nos últimos anos de exploração).

 

Partilhar: