A Câmara Municipal de Vila Real de Santo António tem, para este ano, um orçamento de 39,1 milhões de euros. Trata-se, refere a presidente da autarquia, de um documento “extremamente realista e o mais fiscalizado e supervisionado de sempre por uma série de entidades, onde se inclui a comissão de acompanhamento do Fundo de Apoio Municipal (FAM), ao qual o município aderiu em 2016”.

De acordo com Conceição Cabrita, o grande objetivo para 2019 é a redução da dívida, de forma a que o município possa reequilibrar as suas contas.

Por essa razão, o ano começará com novos regulamentos no setor da ação social, que “irão tornar ainda mais rigorosa a atribuição de apoios, mantendo-se, contudo, a manutenção dos auxílios aos grupos mais desfavorecidos e aos agregados familiares em situação de carência”.

No que respeita a investimento, os objetivos estão centrados na conclusão da obra de requalificação da marginal de Monte Gordo – nomeadamente na reabilitação das áreas verdes -, na conclusão da requalificação da ala norte do Mercado Municipal e na ampliação do Cemitério Municipal de VRSA.

Partilhar: