A taxa de ocupação global média/quarto das unidades de alojamento do Algarve foi, em julho, de 82,5%, cerca de 3% abaixo da verificada no mês homólogo de 2018, revela a Associação dos Hotéis e Empreendimentos Turísticos do Algarve (AHETA).

O mercado irlandês foi o que apresentou a maior subida, com +13,7%, seguido pelo britânico (+6,4%). Do lado contrários estiveram o mercado holandês (-17,5%) e o alemão (-13,9%), que foram os que apresentaram as maiores descidas.

Pelas contas daquela associação, desde o início do ano a taxa de ocupação quarto mantém-se ao mesmo nível do verificado nos primeiros sete meses do ano.

O volume de vendas manteve-se inalterado face ao mesmo mês do ano anterior, e regista um aumento acumulado de +2,7% desde o início do ano.

Partilhar: