O índice de produção industrial registou uma variação homóloga de -2,9%, 2,8 pontos percentuais (p.p.) inferior à observada em outubro, informa o Instituto Nacional de Estatística (INE).

De acordo com aquele organismo, todos os Grandes Agrupamentos Industriais apresentaram contributos negativos para a variação do índice total, “destacando-se, pela sua intensidade, o do agrupamento de Bens Intermédios (-1,3 p.p.), resultante de uma taxa de variação de -4,0% (-1,9% no mês anterior).”

Os agrupamentos de Bens de Consumo e de Bens de Investimento apresentaram igualmente contributos negativos relevantes (-1,0 p.p. e -0,5 p.p., respetivamente), originados por variações homólogas de -2,9% e de -3,2% (1,4% e 1,3%, em outubro), pela mesma ordem.

O contributo do agrupamento de Energia foi de -0,1 p.p., em resultado da taxa de variação de -0,3% (-0,6% no mês anterior).

Partilhar: