No primeiro trimestre de 2018, o Índice de Preços da Habitação (IPHab) aumentou 12,2% em termos homólogos, 1,7 pontos percentuais (p.p.) acima do observado no período anterior, revela o Instituto Nacional de Estatísticas (INE).

Este foi o quinto trimestre consecutivo em que se verificou uma aceleração dos preços das habitações transaccionadas.

Em relação ao trimestre anterior, o IPHab cresceu 3,7%. No caso dos alojamentos existentes, a taxa de variação foi 3,6%, valor inferior ao observado nos alojamentos novos (4,4%).

Aquele organismo acrescenta que “nos primeiros três meses de 2018 realizaram-se 40.716 transacções, mais 15,7% que no mesmo período de 2017. O valor das vendas realizadas neste período ultrapassou os 5,4 mil milhões de euros, aumentando 25,7% relativamente ao primeiro trimestre de 2017”.

De acordo com o INE, no Algarve foram registadas, ao longo deste trimestre, um total de 3.920 transacções de imóveis, no que foi o segundo maior aumento homólogo do país (+16,3%), logo a seguir à região de Lisboa (+17,5%).

Partilhar: