O preço das casas em Portugal aumentou 10,5% no último trimestre de 2017, revela o Eurostat, o organismo  responsável pelas estatísticas europeias.

Trata-se de um crescimento muito superior ao da média da União Europeia, que foi de 4,2% e o segundo mais alto, logo a seguir ao da Irlanda, onde o preço das casas subiu 11,8%. No lugar mais baixo do ‘pódio’ ficou a Eslovénia, com um aumento de 10%. Apenas um país não viu estes valores subirem. Trata-se da Itália, que registou uma ligeira diminuição de 0,3%.

Entretanto, e de acordo com o índice de preços do portal imobiliário Idealista, o preço da habitação em Portugal no primeiro trimestre deste ano aumentou 3,8%, fixando-se em 1.748 euros euros por metro quadrado.

Os preços subiram em todas as regiões do país, com excepção do Alentejo. A Madeira foi onde o aumento foi maior (+10,4%), seguindo-se o Norte (6%), Lisboa (5,6%) e o Algarve (4,9%). No Centro, a variação trimestral foi de apenas 0,2%.

Partilhar: