Para a maioria dos portugueses férias significam essencialmente praia, de acordo com um estudo feito  pelo Instituto Português de Administração e Marketing (IPAM).

Em resposta às questões colocadas pelos autores do estudo, 61% dos inquiridos indicou que a praia está no top de preferências em altura de férias.

Por outro lado, o verão permanece como a estação do ano preferida para irem de férias, com 87% da população a confirmar que tira férias nos meses de julho, agosto e setembro.

No que diz respeito ao valor médio que os portugueses planeiam gastar nas férias de 2018, este é de 702€, ligeiramente inferior ao de 2017 (708€). No entanto, para 52% dos casos, este valor será igual ao do ano anterior. O estudo do IPAM apura ainda que 49% dos inquiridos pretende despender parcialmente o subsídio de férias e 36% não o quer fazer.

Em relação à escolha de local onde passar as férias, 78% dos portugueses referem que sairão do local habitual de residência e os que respondem que não vão sair da área de residência nesta época alegam constrangimentos financeiros. O Algarve continua a ser o grande destino de férias (47%), seguido do Alentejo Litoral (32%) e do Norte Litoral (17%). Os restantes inquiridos dividem-se pelo interior (norte e Alentejo) e centro do país.

Na escolha do destino, a maioria prefere ficar em Portugal (54,8%), enquanto 25,8% opta por viajar para a Europa, 5% para África e 3% para América do Sul.

Partilhar: