A Beta Talk de Fevereiro realiza-se na próxima Sexta-feira, dia 16, no espaço do Café Concerto do TEMPO – Teatro Municipal de Portimão, a partir das 19 horas.

Desta vez, os dois empreendedores convidados são Laura Dias, co-fundadora do projecto “Dias de Aromas” e Carlos Fernandes, co-fundador da “ Casa Modesta”.

Laura Dias é licenciada em Gestão de Empresas e começou o seu percurso profissional na Banca em 2001, primeiro ao serviço do Santander e depois no Banco Barclays, como consultora de negócios.

Em 2013 fez uma viragem na sua vida, deixou a banca, agarrou numa propriedade dos avós do marido, no alto de uma serra entre São Brás de Alportel e Faro e regressou às origens, dedicando-se à agricultura em conjunto com o seu marido.

Nasceu assim os “Dias de Aromas”- um projecto de produção de plantas aromáticas biológicas que junta agricultura e turismo pois para além da parte de produção e comercialização sob a marca Dias de Aromas, proporcionam aos turistas que os visitam experiências aromáticas.

Os primeiros anos foram de adaptação a esta nova vida e tiveram algumas dificuldades em encontrar o seu espaço no mercado. Venceram pela diferenciação dos produtos e pela forma como os comercializam.

Hoje, 4 anos depois, os seus produtos em fresco chegam à restauração e a grandes superfícies, e os secos, em condimentos e infusões, sob a marca Dias de Aromas, podem ser encontrados tanto em lojas gourmet como nas grandes superfícies, continuando a proporcionar experiências aos turistas, de diversas nacionalidades, com visitas à sua quinta. 

Carlos Fernandes é natural de Olhão, frequentou o curso de Engenharia Aeronáutica na Universidade da Beira Interior e o curso de Piloto de linhas aéreas em Tires. Em 2002 começou a trabalhar na TV Cabo (NOS) em Lisboa, tendo exercido várias funções de apoio ao cliente e de auditoria e investigação com o objectivo de prevenção e detecção de situações de fraude. Mas em 2010, juntamente com a sua irmã, agarrou o sonho e a vontade de reabilitar a casa dos avós onde ambos cresceram, para reavivar as memórias que tinham do local em homenagem ao seu Avô Modesto.

Em 2013, Carlos tirou um curso técnico de turismo rural e ambiental, em 2015 o sonho tornou-se realidade e nasceu a Casa Modesta. O projecto é recente, mas já chamou a atenção do media e de diversas entidades pela sua originalidade e arquitectura, tendo sido eleito pelo New York Times, um dos oito melhores hotéis familiares da Europa enquanto o “Condé Nast Johansens” elegeu o espaço como um dos seus locais de excelência para 2017 e como melhor hotel ambiental da Europa, tendo sido ainda distinguido enquanto projecto de arquitectura desenvolvido pelo atelier Par, com o prémio Architizer A+Awards na categoria de hotéis e resorts.

Num ambiente informal, estes dois empreendedores vão falar das suas experiências e desafios empresariais. A participação no evento é livre, mas sujeita a inscrição prévia através de https://tinyurl.com/betatalkportimao-fev2018.

Partilhar: