Foi assinado esta manhã o contrato de planeamento para a elaboração do Plano de Pormenor de Vales de Algoz, que irá permitir a ampliação do espaço industrial de Vales de Algoz, área de acolhimento de atividades económicas.

Em comunicado, a Câmara de Silves informa que o referido plano será elaborado no prazo de 330 dias e permitirá ainda:

  • Viabilizar a continuidade de um espaço de atividades económicas, neste momento já com algum estrangulamento, e com vantagens competitivas ao ganhar escala;
  • Aproveitar economias de oportunidade, ao responder a um mercado em crescendo e que carece de se robustecer para suportar momentos menos positivos na conjuntura, respondendo à solicitação existente;
  • Ir ao encontro do interesse manifestado pelos promotores em promover o crescimento do espaço e reforçar o investimento em Algoz;
  • Otimizar o investimento efetuado ao consolidar áreas adjacentes ao perímetro existente e valorizando as infraestruturas presentes e reforçando a sua sustentabilidade;
  • Ir ao encontro do interesse manifestado pelo promotor com experiência nesta área, concretamente pela conceção e execução das áreas urbanas a nascente da área de intervenção do plano;
  • Potenciar a localização desta área, localizada na proximidade ao IC1, à A2, à A22 e à rede ferroviária;
  • Convergir e constituir um fator multiplicador da estratégia de desenvolvimento local definida no PEDS e amadurecida na revisão do PDM de Silves;
  • Converge com o próprio quadro legal vigente – RJIGT e o Decreto Regulamentar n.º 15/2015, de 19 de agosto -, ao integrar um conjunto de exigências na sustentabilidade económico financeira do investimento e na execução efetiva do mesmo, garantindo a exequibilidade e concretização da proposta, eliminando eventuais ‘especulações imobiliárias’ que decorriam dos espaços urbanizáveis, como áreas de expansão sem qualquer programação.
Partilhar: