Os concursos públicos para a construção de um novo cais na ilha de Tavira e do parque ribeirinho de Olhão vão ser lançados até ao final do ano pela Sociedade Polis Ria Formosa, anunciou o ministro do ambiente, João Pedro Matos, em entrevista ao DN.

A intervenção em Tavira vai custar 2,5 milhões de euros e a de Olhão 2 milhões de euros.

Depois de lançados os concursos, a Polis Ria Formosa cessa a atividade mas manter-se-á “em liquidação” dois anos para concluir as obras, disse o membro do Governo ao DN.

Partilhar: