O Município de Lagos foi eleito Presidente da Direcção da Associação Portuguesa dos Municípios com Centro Histórico (APMCH) para o quadriénio 2018-2022. A Assembleia Geral Electiva da APMCH para eleição dos Corpos Sociais da Associação decorreu hoje, dia 19 de Janeiro, em Ponte de Lima.

Lagos tem ocupado um lugar de relevo nos Corpos Sociais da APMCH desde a década de 90, tendo pertencido aos seus órgãos dirigentes, como Vogal do Conselho Fiscal, Vogal e Vice-Presidente da Direcção.

Para além disso, este Município acolhe uma das duas Delegações Regionais da Associação, a Delegação Regional do Algarve, a primeira a ser criada, no ano de 1996. Ao nível técnico, a autarquia lacobrigense está representada pelo Arq. Frederico Mendes Paula no júri do Prémio Nacional de Arquitectura Alexandre Herculano desde a sua criação, em 2001, em cuja elaboração do Regulamento participou, e concretamente na sua Presidência desde 2010, bem como no Conselho de Curadores dos Centros Históricos Portugueses, desde 2014.

A Presidente da Câmara Municipal de Lagos, Maria Joaquina Matos, diz que este é “o corolário lógico” do percurso da autarquia que dirige na vida daquela entidade e garante tudo ir fazer no sentido de “dar mais uma colaboração efectiva para a eficácia e prestígio da Associação Portuguesa dos Municípios com Centro Histórico”.

Partilhar: