Um incêndio de grandes dimensões, que deflagrou pelas 13h32, está a lavrar na zona norte de Monchique, o que já levou a que, por uma questão preventiva, tenham sido evacuadas algumas pessoas da povoação de Taipas.

Ao longo da tarde tem vindo a ser reforçado o contingente de combate às chamas que, nesta altura (16h17), já envolve 301 operacionais, apoiados por 98 meios terrestres e 9 meios aéreos.

O terreno acidentado, com muitos eucaliptos, a temperatura alta e o vento que sopra, por vezes, de forma intensa, têm dificultado a atuação dos bombeiros e da proteção civil.

Fazendo um ponto de situação, pouco antes das 20 horas o comandante Abel Gomes, da Proteção Civil, disse que 9 operacionais receberam assistência médica, mas que isso se deve não a qualquer tipo de ferimento grave, mas “ao esforço despendido no combate e com as elevadas temperaturas que se fazem sentir”, que no teatro de operações têm chegado aos 47º.

Adiantou também que não há casas consumidas pelas chamas, mas apenas alguns barracões e assumiu que a noite vai ser muito difícil e trabalhosa. No terreno encontram-se, nesta altura, 472 operacionais.

(Notícia em atualização)

Partilhar: