Em setembro, as exportações portuguesas cresceram 5,8%, um aumento bem inferior ao das importações, que foi de 13,2%.

De acordo com o Instituto Nacional de Estatística (INE), em destaque nos acréscimos, quer das exportações quer das importações, esteve o Material de transporte (+19,8% e +30,1%, respetivamente). Realce, também, neste caso, apenas nas importações, para os Combustíveis e lubrificantes (+40,4%).

Este organismo acrescenta que o défice da balança comercial de bens registou um aumento de 518 milhões de euros face ao mês homólogo de 2018, atingindo 1.802 milhões de euros.

No 3º trimestre do ano, as exportações e as importações aumentaram 1,2% e 6,3%, respetivamente, face período homólogo de 2018 (-3,6% e +0,5%, pela mesma ordem, no trimestre terminado em agosto de 2019).

Partilhar: