O sector imobiliário de Faro está em alta, sendo este um dos concelhos do país que maior dinamismo e recuperação tem apresentado, a este nível, ao longo dos últimos anos, após a queda provocada pela crise económica.

Essa é a conclusão principal que se retira de um estudo apresentado pelo Confidencial Imobiliário do jornal Expresso, com base em informações recolhidas junto de 400 mediadoras imobiliárias de todo o País. 

Segundo estes dados, o concelho de Faro registou uma das maiores valorizações em Portugal, apenas superado por Lisboa, no ranking dos 18 municípios com as maiores valorizações.

Os editores do Confidencial Imobiliário explicam o crescimento de Faro com o facto de o centro histórico da cidade ter ganho “um potencial muito interessante” e com a proximidade ao aeroporto. A publicação recorda ainda que este centro histórico “há bem pouco tempo estava bastante abandonado e sem vocação alguma”.

Reagindo a este estudo, a Câmara de Faro refere, em comunicado, que “este é mais um reconhecimento do trabalho realizado na reabilitação do património do concelho, em especial da zona histórica.” Trata-se de “uma melhoria que já se reflecte na actividade económica do concelho e na valorização imobiliária do mesmo.”

 

Partilhar: