A União das Freguesias de Faro vai apresentar uma candidatura da Ilha da Culatra às “7 Maravilhas à Mesa”, um certame que visa promover as regiões, a autenticidade e a gastronomia portuguesa.

A candidatura tem como uma das propostas gastronómicas um dos petiscos mais desconhecidos e enigmáticos, os Panados de Peixe-aranha, uma surpreendente e saborosa iguaria, acompanhada por um vinho rosé de castas algarvias. Outra aposta na componente gastronómica é um dos pratos mais populares algarvios, a Cataplana de Peixe e Marisco, preparada por uma receita tradicional das gentes da Culatra.

O presidente da União das Freguesias de Faro, Bruno Lage, mostra-se “confiante sobre a selecção desta candidatura à próxima fase deste concurso porque conjuga a identidade e a autenticidade de um povo com o turismo de natureza que se pode usufruir na Ria Formosa aliada à gastronomia genuína algarvia proveniente de produtos endógenos da Ria Formosa e da costa algarvia”.

No coração da Ria Formosa, uma das 7 Maravilhas Naturais de Portugal, longe da pressão turística que por vezes caracteriza o Algarve, a aldeia da Culatra conta com uma genuína e hospitaleira comunidade piscatória e com as suas praias paradisíacas.

A principal festividade da comunidade comemora-se no primeiro fim-de-semana de Agosto, tendo como ponto alto a procissão em honra à Nossa Senhora dos Navegantes, onde participam centenas de embarcações que são especialmente preparadas e decoradas para o momento. De referir que esta festividade considerada património cultural imaterial do Algarve foi uma das vencedoras do orçamento participativo de Portugal.

Organizada pela EIPWU, entidade detentora dos direitos exclusivos da marca das 7 maravilhas, esta iniciativa terá a sua final no dia 16 de Setembro, onde as 7 Maravilhas à Mesa serão escolhidas por votação directa da população portuguesa.

Partilhar: