A taxa de ocupação global média/quarto das unidades de alojamento algarvias foi, em março, de 53,7%, semelhante ao valor verificado em 2018 (-0,1%), revela a Associação dos Hotéis e Empreendimentos Turísticos do Algarve (AHETA).

De acordo com aquela associação, os mercados que apresentaram as maiores descidas foram o espanhol (-37,0%), o português (-15,7%) e o irlandês (-12,9%).

Em sinal contrário estiveram os mercados francês (+20,5%) e sueco (+47,3%), que apresentaram as maiores subidas.

O volume de vendas registou uma descida de 6,0% face ao mesmo mês do ano anterior.

Pelas conta das AHETA, desde o início do ano a taxa de ocupação quarto regista uma subida média de 0,5%.

Partilhar: