Pelas contas da Câmara de Portimão, cerca de cem mil pessoas passaram pela 25ª edição do Festival da Sardinha, que decorreu na zona ribeirinha daquela cidade, entre 7 e 11 de agosto.

A presidente da autarquia, Isilda Gomes, considera que o evento “foi um enorme sucesso, que ultrapassou as nossas melhores expetativas, para mais se nos lembrarmos que no ano passado tivemos 50 mil visitantes”. 

A autarca considera que “o novo formato adotado e o local onde decorreu, num regresso às origens, explicam, em boa medida, a quantidade de pessoas que visitaram o certame” para o que considera ter sido uma “aposta ganha”, Isilda Gomes também aponta “o cartaz musical e o empenho do movimento associativo, cujas coletividades a assar sardinha tiveram as mesas sempre preenchidas”.

Em face disso, garante que o certame gastronómico manter-se-á no mesmo espaço, “que melhorou exponencialmente as condições de visitantes e de expositores”. Nos próximos anos “vamos querer trazer mais gente, sobretudo artesãos, e promover novos pontos de atração para o público, com músicos e grupos de referência, tornando o local mais atrativo e aprazível, sempre com a boa sardinha assada como ponto de referência”.

Partilhar: