O Índice de Volume de Negócios no Comércio a Retalho manteve uma variação homóloga de 5,1% em agosto, igual à observada no mês de julho, revela o Instituto Nacional de Estatística (INE).

Aquele organismo adianta que “o índice do agrupamento Produtos Alimentares, cuja taxa de variação se situou em 3,6%, apresentou uma desaceleração de 1,8 pontos percentuais (p.p.).” Já o agrupamento Produtos não Alimentares “passou de uma variação homóloga de 4,8% em julho para 6,3% em agosto.”

Os índices de emprego e de remunerações aumentaram, respetivamente, 2,6% e 2,9% em termos homólogos (variações de 2,4% e 5,6% em julho, pela mesma ordem).

Partilhar: