O contrato já está assinado, mas só deverão avançar depois do Verão as obras de desassoreamento do canal e ria de Alvor e utilização da areia daí retirada no reforço do cordão dunar na zona nascente da praia de Alvor.

A intervenção vai custar cerca de 2 milhões de euros, sendo co-financiada a 85% pelo Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos – PO SEUR e vai permitir, por um lado, melhores condições de navegabilidade no canal e, por outro, o ‘enchimento’ da praia.

O contrato foi assinado no decorrer da recente visita do ministro do Ambiente, João Matos Fernandes, mas o processo ainda tem de seguir para o Tribunal de Contas para receber o necessário visto, o que deve demorar alguns meses, pelo que as obras só deverão avançar depois do Verão.

O ministro aproveitou, ainda, a oportunidade para presidir à assinatura de protocolo no valor de 65 mil euros para para intervenções que visam reparar alguns dos efeitos dos recentes temporais, nomeadamente a mobilização de areias nas praias da Rocha, Três Castelos, Vau e Alvor e a reparação de passadiços da praia do Alvor.

No total, o Governo contemplou 9 municípios algarvios com verbas para este tipo de intervenções, num investimento global de cerca de 800 mil euros.

Partilhar: