A Docapesca abriu um concurso para a empreitada de execução de cinco cais flutuantes no porto de pesca de Tavira, com o preço base de 604.564 euros, a instalar entre a antiga lota (recentemente demolida) e a Ponte dos Descobrimentos, numa frente acostável de 350 metros.

Os cais a instalar destinam-se ao estacionamento de embarcações de pesca e abastecimento de combustível, ao estacionamento, embarque e desembarque de passageiros das carreiras fluviais e ao embarque e desembarque das embarcações marítimo-turísticas.

Esta frente acostável será constituída por pontões flutuantes de betão reforçado, sendo o acesso à muralha feito através de pontes metálicas articuladas.

Os cais serão dotados de equipamentos como cabeços de amarração, defensas, lanternas de sinalização LED, escadas quebra-costas, armários de emergência completos, guarda-corpos e módulos multiusos com torneiras.

Para garantir as cotas de fundos necessárias à salvaguarda das condições de segurança da navegação, assim como a melhoria das condições de estacionamento das embarcações, a Docapesca procedeu anteriormente a trabalhos de dragagem de manutenção no rio Gilão, garantindo uma cota uniforme na frente acostável de -2,0 metros (ZH).

Partilhar: