A Direção Regional de Cultura do Algarve acaba de lançar o procedimento relativo à 2ª fase da empreitada de Conservação e Restauro dos Módulos de Taipa Almóada do Castelo de Paderne.

O valor máximo que aquele organismo pretende gastar para garantir a realização da obra é de 380.073 euros.

As empresas interessadas têm, a partir de agora, um prazo de 14 dias para apresentarem as suas propostas, sendo que será escolhida a que apresentar a melhor relação qualidade/preço.

Uma vez adjudicada, a empreitada deverá ficar concluída no prazo máximo de 186 dias.

Partilhar: