Em Janeiro, as exportações e as importações de bens registaram variações homólogas nominais de, respectivamente, +9,6% e +12,4%, acelerando ambas face ao mês anterior (0,0% e -0,5% em Dezembro de 2017, pela mesma ordem), revela o Instituto Nacional de Estatísticas (INE).

Mais de metade (62%) do acréscimo nas exportações esteve associada ao “Material de transporte”. Aquele organismo salienta que “o impacto desta categoria foi também significativo nas importações, explicando 24% do acréscimo face ao mês de Janeiro de 2017”.

O défice da balança comercial teve um acréscimo de 245 milhões em relação ao mês homólogo de 2017, atingindo 1.249 milhões de euros. Excluindo os Combustíveis e lubrificantes “a balança comercial atingiu um saldo negativo de 742 milhões de euros, correspondente a um aumento do défice de 132 milhões de euros em relação ao mesmo mês de 2017”.

No trimestre terminado em Janeiro de 2018, as exportações e as importações de bens aumentaram respectivamente 7,3% e 7,4% face ao período homólogo.

Partilhar: