A Câmara de Portimão leva, esta segunda-feira, 6 de maio, à Assembleia Municipal a proposta de resgate de boa parte dos lugares de estacionamento (400) existentes à superfície na cidade.

Conforme a presidente da autarquia, Isilda Gomes, afirmou numa anterior sessão, negociação com a empresa Emparque, S.A foi fechada, assumindo as duas partes que a Câmara precisa de desembolsar 850 mil euros para voltar a mandar no estacionamento.

Uma vez concluído este processo – que, sendo aprovado na Assembleia, ainda precisará do visto do Tribunal de Contas – a autarquia pretende que, em alguns locais, os preços dos parquímetros baixem e noutros o estacionamento passe a ser feito à borla.

A discussão e votação da despesa plurianual do procedimento por concurso público para a execução da empreitada de requalificação da Avenida Afonso Henriques é outro dos temas que constam na ordem de trabalhos.

Os deputados municipais vão, ainda, decidir sobre uma proposta de contrato de delegação de competências, a celebrar entre a Câmara de Portimão e a AMAL – Comunidade Intermunicipal do Algarve, no âmbito do serviço público de transporte de passageiros.

Partilhar: