A Câmara de Loulé lançou hoje o concurso de “Recalçamento das Fundações do Edifício Austral, em Quarteira”.

A intervenção poderá custar o máximo de 406.512 euros, que é o valor do preço base do procedimento e deverá ficar concluída em 150 dias após a assinatura do contrato com a empresa que vencer o concurso.

Esta iniciativa vem na sequência de um acordo conseguido em novembro passado com os proprietários daquele edifício, que desde 2006  apresenta uma inclinação que apesar de ligeira se tem acentuado, registando-se atualmente um desfasamento no topo de cerca de 30 cm.

Após uma vistoria dos serviços técnicos municipais foi verificado que a falta de estabilidade prendia-se com um erro de conceção, da responsabilidade do construtor, que se encontra fora do país. Esta conclusão também foi tirada de forma autónoma pelo tribunal onde este caso foi julgado.

Na altura, em comunicado, a autarquia referia que, “apesar de não ter qualquer dever formal em matéria de intervenção no edifício, decidiu tomar uma medida preventiva e corretiva numa situação que se arrasta há largos anos, dada a ausência do construtor que deveria por lei corrigir a situação existente.”

 

Partilhar: