A Câmara Municipal de Lagos aprovou, por unanimidade, na última reunião pública do seu executivo, a minuta de Contrato Interadministrativo a estabelecer entre o Centro Hospitalar Universitário do Algarve, EPE e o Município de Lagos, no âmbito da Unidade Hospitalar de Lagos.

O documento prevê a atribuição de um subsídio no valor de 33.700,00€ e visa a requalificação de espaços da Unidade Hospitalar de Lagos, assim como a realização de intervenções destinadas a melhorar a segurança, a qualidade e o conforto dos doentes e profissionais que frequentam esta Unidade Hospitalar.

O subsídio será aplicado na remodelação de um balcão de atendimento da admissão de doentes do serviço de urgência, na remodelação/adequação da sala de enfermagem da urgência, na renovação de janelas da zona administrativa e balneários, na aquisição de 12 TV´s para zonas de doentes e na aquisição de cadeira para pesar doentes.

Em comunicado, aquela autarquia refere que “a decisão materializa o interesse que o Município tem demonstrado na manutenção, reforço e alargamento das estruturas dos serviços de saúde do SNS na zona de Lagos, colaborando quer com o Centro Hospitalar Universitário do Algarve, quer com a ARS/ Agrupamento de Centros de Saúde do Barlavento, ao qual a autarquia prestou também recentemente apoio à instalação de novas valências, designadamente o Gabinete de Medicina Dentária e Saúde Oral que está a funcionar desde setembro passado no Centro de Saúde de Lagos”.

Partilhar: