A Câmara de Lagos avança esta quarta-feira, 9 de janeiro, com o processo que vai levar à implementação da taxa turística no concelho.

Naquele dia tem lugar mais uma reunião do seu executivo e um dos pontos da ordem de trabalhos é, exatamente, a discussão e votação de uma proposta de regulamento da taxa turística. Caso aprovado, o o documento ainda terá de merecer o aval da Assembleia Municipal antes de entrar em vigor.

O documento em causa deverá seguir as orientações definidas em sede da AMAL – Comunidade Intermunicipal do Algarve. O valor a pagar por cada turista será de 1,5 euros, apenas nos primeiros sete dias de estadia e se a mesma ocorrer entre os meses de março a outubro.

De acordo com uma estimativa feita pela AMAL, a Câmara de Lagos poderá esperar vir a receber um total de 1,4 milhões de euros resultantes da implementação desta taxa.

Partilhar: