No dia em que se completaram os 157 anos de existência da Banda Filarmónica 1º de Dezembro de Moncarapacho, foi lançada a primeira pedra da futura sede da instituição. A obra, que já teve início no terreno, custará 205 mil euros e deverá estar concluída dentro de 12 meses.

“Este era um desejo antigo dos moncarapachenses que, finalmente, conseguimos alcançar, apesar de alguns constrangimentos entretanto surgidos”, referiu ontem, 1 de dezembro, no lançamento da primeira pedra desta obra, o presidente da Câmara Municipal de Olhão, António Miguel Pina.

A nova ‘casa’ da instituição olhanense ficará localizada na Rua das Olarias, em terreno municipal.

A nova sede da Banda Filarmónica 1º de Dezembro será, de acordo com o projeto, um espaço “simples, original e harmonioso”.

A área de construção, de 186 m2, prevê a criação, entre outros espaços, de uma sala principal para a prática e ensaio de conjunto, cinco salas de aprendizagem individual e uma sala de arquivo musical, que dotarão a instituição de condições ótimas para o desenvolvimento da sua atividade.

Partilhar: