A taxa de ocupação nas unidades de alojamento do Algarve foi de 53,8% em Março, tendo ficado 1,1 pontos percentuais (-2%) em relação à atingida no mês homólogo do ano passado, de acordo com os dados provisórios revelados hoje pela Associação dos Hotéis e Empreendimentos Turísticos do Algarve (AHETA).

Apesar disso, foi um bom mês para os empresários do sector, uma vez que o volume de vendas subiu 13,6 por cento durante o mês face ao período homólogo.

Os mercados que apresentaram as maiores descidas, ao nível da ocupação, foram o britânico (-5,3%) e o holandês (-1,4%). As maiores subidas foram registadas pelos espanhóis (+140%) e portugueses (+35%).

Por zonas geográficas, as maiores descidas verificaram-se em Portimão / Praia da Rocha (+10,6pp) Lagos / Sagres (-9,8pp) e Monte Gordo / VRSA (-5,0pp). Albufeira, a principal zona turística, registou uma subida de 1,6pp.

Em termos acumulados, nos últimos 12 meses, a taxa de ocupação quarto regista uma subida de 0,9%.

Partilhar: