A aposta que a Câmara de Lagoa tem vinho a fazer na promoção do vinho parece estar a dar os seus frutos no que à captação de investimentos e instalação de novos produtores diz respeito.

Em intervenção proferida na cerimónia comemorativa do Dia Europeu do Enoturismo, o vereador responsável pelo pelouro, Luís Encarnação, disse que, nos últimos anos, o concelho passou de 4 produtores para praticamente o dobro.

E a juntar a estes estão, para já , mais três grandes projectos a ser implementados. Um deles é o da Quinta dos Vales, onde se realizou este evento. Trata-se de um empreendimento que integra a produção de vinho, cerveja, restauração e turismo, num investimento estimado em cerca de 4 milhões de euros.

Outro dos grandes empreendimentos é o de “um hotel de 5 estrelas situado em Estômbar, junto ao rio Arade, que já tem cerca de 3 hectares de vinha plantada”. Também, revelou o autarca, a Quinta dos Vales, provavelmente o produtor de vinhos mais conhecido do concelho de Lagoa, tem um novo projecto de dimensão relevante.

Trata-se, está convencido Luís Encarnação, “dos primeiros de muitos outros projectos que hão-de vir para o nosso concelho”. O autarca lembrou a longa história de associação entre Lagoa e o sector vitivinícola, que, na sua opinião, deve manter-se e até ser reforçado.

Isto porque o sector “tem um grande potencial económico e de promoção do concelho”, sendo, igualmente, um bom complemento ao turismo de sol e praia que tem o conhecido problema da sazonalidade. Por isso, “é importante diversificar a nossa oferta, de forma a garantir mais emprego e o enoturismo pode dar um bom contributo nesse sentido”.

Partilhar: