A AMAL – Comunidade Intermunicipal do Algarve acaba de lançar o Concurso Público Internacional para a Concessão de Serviço Público de Transporte Rodoviário de Passageiros, devendo as empresas do setor interessadas apresentar as suas propostas até 27 de agosto.

Segundo comunicado daquela entidade,com esta iniciativa pretende-se conseguir o “reforço da rede de transportes públicos na região, uma redefinição das carreiras e de horários existentes, havendo duas grandes novidades: serão criadas novas linhas em locais que tenham mais de 40 habitantes sem paragem a 800 metros e um serviço de Aerobus que permitirá ligações entre alguns concelhos do Algarve e o Aeroporto de Faro.”

O valor do concurso ronda os 85 milhões de euros para uma concessão de 5 anos, contemplando 98 linhas. No entanto, “este processo não representa qualquer custo para as autarquias, uma vez que os custos do serviço estarão todos concentrados no lado dos concorrentes”, sendo financiados pelas receitas resultantes da exploração destas linhas.

Para Jorge Botelho, presidente da comunidade Intermunicipal do Algarve, este projeto representa “um avanço enorme para a região, com a criação de uma rede rodoviária intermunicipal mais eficiente e funcional. Uma rede mais amiga do ambiente e com ligações que melhor servem e facilitam o dia-a-dia das pessoas. Este é mais um compromisso da AMAL que está a ser cumprido”.

 

Partilhar: