O prazo de discussão pública da Unidade de Execução Eixo a Norte/ Nascente e Urbanização Adjacente de Loulé foi prorrogado até à próxima sexta-feira, 5 de julho, informa a autarquia.

Em comunicado, a Câmara de Loulé refere que esta medida foi tomada com vista a “assegurar um processo de ampla discussão, transparência e eficácia.”

No documento, acrescenta-se que a referida Unidade de Execução, com cerca de 14 hectares, visa a construção de uma via urbana e urbanização adjacente, o estabelecimento da ligação rodoviária entre a rotunda de Querença e Ameixial, da Circular Norte e a rotunda no final da Rua Afonso de Albuquerque e contribuirá de forma significativa para uma adequada gestão da mobilidade e das acessibilidades de e na Cidade de Loulé, não prejudicando nem pretendendo substituir-se à construção do troço de circular previsto no PDM.”

Os interessados poderão consultar toda a documentação sobre esta Unidade de Execução em www.cm-loule.pt

Partilhar: