Os associados da ACRAL – Associação do Comércio e Serviços da Região do Algarve elegeram, esta sexta-feira, 31 de maio, os órgãos sociais para o quadriénio 2019/2023.

Ao ato eleitoral apresentou-se uma única lista para cada órgão, tendo as respetivas equipas obtido votações superiores a 90%.

Paulo Alentejano passou a ser o novo presidente da Direção, sucedendo, assim, a Álvaro Viegas, que transita para a Mesa da Assembleia Geral. José Ramalhete é o nº1 do Conselho Fiscal e Humberto Conceição lidera o Conselho Geral.

O  recém eleito presidente, Paulo Alentejano, apresenta como principal objetivo do seu mandato a “reinvenção” da ACRAL.

“A aposta da Direção terá necessariamente de passar por uma reinvenção da ACRAL, a maior associação empresarial do Algarve, que se pretende mais útil para os seus associados, abrindo as portas a todos os empresários que dela queiram fazer parte”, defende.

Foram os seguintes os elementos eleitos para os diversos órgãos sociais:

Conselho Geral: Humberto Conceição (presidente) e Miguel Galvão (vice-presidente).

Mesa da Assembleia Geral: Álvaro Viegas (presidente), Susana Casanova (vice-presidente) e João Oliveira (secretário).

Direção: Paulo Alentejano (presidente), Ricardo Calé, Margarida Belchior (vice-presidentes), Miguel Morgado (tesoureiro), Luís Coelho, Júlia Custódia e Paulo Bernardo (vogais).

Conselho Fiscal: José Ramalhete (presidente), Pedro Gonçalves (vice-presidente), Eduardo Palminha, Fernando Oliveira e José Leal (vogais).

Partilhar: