31

Ter espírito empreendedor e trabalhar com dedicação e intensidade são dois dos segredos do sucesso relevados pelo empresário Miguel Ribeiro Ferreira na festa do 1º aniversário da incubadora Startup Portimão.

Mas só isso não chega, mesmo que se trabalhe muito e se tome opções que consideramos as mais corretas, não é garantido que consigamos atingir os nossos objetivos. Aliás, é bem mais provável que, em determinadas alturas, acabemos por errar e por saborear o amargo travo da derrota. E é nessas alturas que é mais importante ter uma das qualidades preferidas de Miguel Ribeiro Ferreira: a atitude de não aceitar a derrota e o fracasso.

O empresário diz que falhar não é um drama nenhum, considera até que “é muito importante errar, se não cairmos não saberemos levantar-nos”. O que é fundamental “é ter a coragem de não desistir, o que é muito difícil, às vezes”, mas há que ter em mente que “desistir não é solução” e que, independentemente da dimensão dos problemas, “há sempre maneira de lhes dar a volta”.

Outra das qualidades que entende dever possuir um empreendedor é “ser humilde, pois a arrogância não leva a lado nenhum”. Há que aprender com os erros, ouvir as ideias e os conselhos dos outros. Aliás, um dos desafios que deixou à assistência é que “conheçam gente nova todas as semanas, isso é fundamental, porque há sempre gente com ideias, visões e opiniões diferentes com as quais aprendemos imenso”.

Fazer mudanças, sair da nossa zona de conforto é, igualmente, fundamental. Todos devemos fazer mudanças nas vossas vidas, “não é preciso que sejam mudanças gigante”, podem ser pequenas alterações, desde que nos forcem a ter uma perspetiva diferente e a ficar mais próximos de concretizarmos os objetivos.

Outro dos seus conselhos é que se “olhem ao espelho de manhã, sorriam e sejam felizes”, pois quem não se sente bem consigo próprio dificilmente conseguirá o estado de espírito positivo que é importante ter para atingir o sucesso.

E, por fim, há que “não ter medo” de correr riscos e de falhar. Ele, pelo menos, confessa que “não vou deixar de fazer mais e de continuar a investir com medo de perder”. Se as coisas correrem mal, garante que “vou conseguir começar do zero outra vez, não tenho medo de recomeçar, não vivo com esse medo”.

Artigo relacionado: Os segredos do sucesso de um milionário (parte 1)

Partilhar: